01 julho 2016

Quantos tipos de ponto cruz existem? Parte 3

Olá galera, já é sexta, semana passou super rápido. Então vamos a terceira e ultima parte da matéria do Wagner Reis , sobre os tipos de ponto cruz. Então vamos lá!


"Pois é, hoje eu vou falar de um tipo de ponto cruz, muito conhecido pelos brasileiros, só que ele ainda não tem nome... De acordo com minhas pesquisas, eu percebi que existem 2 métodos principais, o método inglês-tradicional e o método dinamarquês.

No entanto, existe um método muito apreciado pelos brasileiros. Eu cheguei a esta conclusão quando fiz uma pesquisa de opinião na minha Fan Page e constatei que boa parte das pessoas que comentaram bordavam desta maneira, muitas aprenderam vendo meus vídeos. Além, é claro,  as pessoas que bordavam o método inglês e dinamarquês.




A forma deste novo ponto cruz, é a que eu ensino no meu canal no Youtube e é como se ela fosse uma junção das duas formas tradicionais existentes.

Veja as características deste novo ponto cruz:

Possui alguns ponto a ponto, assim como o ponto cruz inglês, ou seja, o ponto que você faz e no mesmo instante já o cobre, fazendo a cruzinha;
Possui a carreira de ida e volta, exatamente como o ponto cruz dinamarquês;
Os pontos de cima da cruz, pode ficar tanto para a esquerda, quanto para a direita.
O avesso fica perfeito, pois ele é muito flexível quanto as formas de começo e arremate;
Por ser maleável, ele não tem uma maneira certa de ser feito. Cada pessoa usa as diferentes técnicas já existentes, inclusive, usa-se técnicas inovadoras como o "nozinho francês".
Eu batizei este método com o nome de  "Ponto cruz brasileiro". Visto que muitas pessoas o fazem assim, incluindo eu. E para falar a verdade eu adoro, pois ele é muito flexível no que diz respeito a inovação, facilidade de aprender e resultados surpreendentes.

No final das contas, tudo é ponto cruz. Independente da linha de cima ficar em uma direção ou outra, o resultado final é uma linda cruzinha. O que importa é ser feito com carinho e com o coração, pois quando as pessoas olham o resultado, vemos o brilho em seus olhos. Algumas até falam: É feito à mão? 

Eu adoro o ponto cruz, e admiro todas(os) que bordam essas cruzinhas lindas. Parabéns para nós!"
Fonte:http://www.wrartes.com/

Esse ai é o que eu faço. Não existe o certo e o errado, mas sim, aquele que é mais confortável e agradável para quem faz.
 O resultado é o mesmo, o importante é que seja feito com capricho e dedicação. Tem que ser agradável aos seus olhos e ao do cliente.
Então foi isso, hoje ai teremos mais posts, beijos e até mais!