15 junho 2016

5 Técnicas variadas de Bordados!

Hoje iremos falar sobre as principais técnicas utilizadas na produção de peças bordadas. 

Existem vários tipos de bordados que podem ser feitos em panos de prato, toalhas de mão, de rosto, de banho e etc... 
Entre eles, podemos destacar: o ponto cruz, o vagonite, o ponto russo e o bordado com fitas. 
Esse último nós encontramos em duas principais versões: com fitas trançadas e com botões de flores.

Veja agora fotos de toalhas com cada técnica aplicada, lembrando que podem ser feitas em qualquer tipo de peça, não unicamente em toalhas.

Tipos de Pontos:

  • 1 – Ponto Cruz
O ponto cruz é um dos mais conhecidos quando o assunto é bordado. Os pontos são bem fechados, gerando um efeito bem delicado. A linha usada são as meadas; quanto mais fininha, mais delicado fica o bordado.

  • 2 – Ponto Russo
Esse ponto é fácil de fazer, e com ele podemos criar todo tipo de desenho, desde com temas infantis até para adultos.

  • 3 – Vagonite de Linha
Esse tipo de bordado é conhecido como vagonite. 
Para bordar essa peça foi utilizado linha para bordar apenas na cor verde. 
Esse bordado nos remete a gráficos, pois são simétricos e apresentam formas geométricas, bem diferente da técnica de ponto russo.

  • 4 – Vagonite de Fitas
Nessa segunda versão o vagonite foi feito com fitas bem finas, o que não impede de o artesão usar fitas mais grossas para este trabalho. Observe que os desenhos ficam em alto relevo, gerando assim um ótimo efeito visual.

  • 5 – Fitas – Botões de Rosas
Esse tipo de bordado é incrível, lindo e super charmoso. 
Ele valoriza diversas peças, como toalhas, fraldas de tecido, capas de almofada, capas de travesseiro, caminho de mesa e várias outras peças. 
Se você está querendo aprender um artesanato diferenciado, essa é uma ótima opção.


E ai o que acharam? tudo super lindo né!? Qualquer tipo de bordado dá um toque muito delicado a peça...Por enquanto meu foco é só o Ponto Cruz, mas tenho em mente logo logo começar uma nova técnica.

O saber nunca ocupa espaço, não é mesmo?

Beijos e até a próxima.

Fonte: http://www.artesanato.com